Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Nautico’

Todo dia é dia de sofá

Todo dia é dia de futebol. Todo dia é dia de sofá

 

Nos tempos em que os subversivos tinham de carregar bolitas nos bolsos para despistar a Cavalaria; num passado não tão longínquo, época em que no futebol os zagueiros amarravam cachorro com lingüiça, como diria o do Bigode; a quarta-feira era considerada o Dia Nacional do Sofá.

 

Nesta sagrada data, os jovens enamorados iam para a casa de seus pais para trocar discretas carícias e, quando surgia oportunidade, até alguns beijos e amassos. Tudo isso assistindo a um longa do Grande Otelo.

 

Hoje, virou putaria. Todo o dia é dia, ninguém é de ninguém e tá tudo liberado.

 

A Equipe do Tisserand FC, por sua vez, sempre prezando pela moral e os bons costumes, desconstruiu o esteriótipo do Dia do Sofá, criando seu próprio padrão: abrir uma lata, sentar numa pltrona ensebada e assistir às rodada da Copa do Brasil e da Libertadores da América.

 

O resultado de tudo isso, a seguir:

 

Placar Magro

O Inter podia ter garantido a vaga ontem à noite, contra o Náutico, mas acabou entregando a rapadura, como já é de costume contra times medíocres – principalmente jogando fora de casa.

 

 

Os cavaleiros do apocalipse afirmavam que este seria o primeiro grande teste do ano e foram apenas três gols. Com isso, a média nas últimas quatro partidas caiu para simplórios 4,5. Ou o time começa a jogar fora de casa ou vai se complicar logo ali, pego de calças curtas.

 

Time Cagão

Confesso que até deixei escapar um sorriso quando vi o terceiro gol do Atlético Paranaense contra o Timão. Mas esqueci que o Furacão é time pequeno. Em seguida, entregou uma partida ganha. 1 a o no jogo de volta e Bye Bye, Tristeza.

 

Ninguém é de ninguém

Deste confronto sairá, se não der Zebra e os pernambucanos confirmarem os prováveis 4 a 0 no Beira-Rio, o adversário do Náutico. Tinha, até certo ponto, um pequeno receio do Rubro-negro carioca, mas não conseguir vencer o Fortaleza em casa, é de desanimar.

 

Grande Galo

E a Galoucura continua na mesma. Desta vez, a derrota veio contra o Vitória.

  

Paraíba e o cartão

Eu sou Paraíba e taqui o meu cartão. Campeão da Copa do Brasil pelo Grêmio, Marcelinho está de volta. Marcou dois gols na vitória do Coxa de 4 a 0, sobre o CSA – o Paulo Britto, no entanto, admirador do atleta, creditou o gol do outro Paraiba, do Coxa, para Marcelo. Vo te contá, heinhô, Batista.

 

Cartão de visitas premiado

Cartão de visitas premiado

 

Até Quando?

O Sport venceu o LDU por 3 a 2 e, junto do Grêmio, são os dois clubes enganadores do Brasil. Em seguida, vão tropeçar. Antes de ficar brabo, caro leitor, o Palmeiras não conta; Luxa não engana ninguém…

 

Salvadores do Inter

Em partida histórica, dois ex-colorados salvaram o verdão, garantindo mais alguns armanis para o Luxa.

 

O Marcão, solícito, fez a boa ação do dia: foi expulso. Ao sair do campo, ganhou uma estrela verde na testa, de condecoração.

 

E Cleiton Xavier, com um petardo bem semelhante aos que dava no Inter, credenciou o Verdão a seguir em frente na competição continental. Podia dormir sem essa.

 

 

Fotos: sofá: veiorosa.blogspot.com; Marcelinho: forumdocoritiba.com.br.

 

Fabio

Read Full Post »