Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Cabañas’

Robinho imita Jeremias: 'Quem botou pra nós beber foi o cão!'

'O cão foi quem botou pra nós beber'

 

Mesmo com toda a fama, com toda a brahma. Com toda a cama, com toda a lama, o Dunga vai levando, Chico Buarque teria composto essa música em nossos tempos e com a pequena alteração na letra caso outra situação em sua vida pregressa não o tivesse inspirado. Pois o anão mais contestado do país – é verdade que cada vez menos – segue sua sina de apresentações sob uma bruma de desconfianças, pouco convincentes e convocações recheadas de Gilbertos, Felipes e Elanos. Porém, para desespero da mídia Imperial e Bandeirante, Dunga vence. A última vitória, os 2 a 1 sobre o Paraguai, jogou o país vizinho à terceira posição, e alçou o Brasil a isolados e confortáveis 27 pontos.

 

A partida foi mais emocionante do que o esperado. Como o vazio no placar foi preenchido com gol guarany, uma atmosfera esperançosa, mas preocupada instalou-se no Big Wolrd of Arruda. El gordito Cabañas rolava junto da bola em direção à grande área brasileira e, ao sofrer uma descompostura de Juan, desabou feito donzela lívida de romances franceses do século 19, na sua fragilidade crua de filhote de baleia. Ele mesmo cobrou a falta e Elano desviou com categoria suficiente para encobrir Julio César. Tudo isso dos 23 aos 25 minutos de jogo.

 

O empate chegaria só aos 40, e depois de muita teimosia e inversões de bola brasileiras. Ela passou por Kleber, Kaká, Robinho, Felipe Melo e chegou aos pés de Daniel Alves. O lateral do Barcelona confirmou que começa a ganhar a posição de Maicon e encontrou novamente Robinho solitário em terreno paraguaio. O atacante mais marketeiro do mundo aparou de primeira, num bate-pronto hábil, igualando a peleia.

 

Já na volta para o segundo tempo do Maracatu, a Seleção estava sem a paciência que ritmou seus movimentos anteriormente. E logo aos quatro minutos, Felipe Melo arriscou com autoridade um lançamento vertical no peito de Nilmar. O menino dourado do Beira Rio optou por uma jogada parnasiana, e tentou uma assistência de futvôlei para Robinho. Os deuses do futebol não são tão injustos, e impediram, na pessoa do zagueiro paraguaio, que a bola chegasse ao Mídia Boy. Com isso, Nilmar encontrou o goleiro adversário mais desamparado que as dezenas de mães solteiras de filhos de bispos paraguaios, e marcou o gol da virada. São três vitórias consecutivas nas Eliminatórias e a confiança restabelecida para a Copa das Confederações.

 

 

Nas outras partidas, Maradona e sua estatura diminuta tiveram novamente problemas com a altitude e levaram 2 a 0 do emergente Equador. Os argentinos começam a entender porque Pelé nunca vai treinar nossa seleção. Outro destaque é a campanha do Chile, do treinador e Kamikaze El Loco Bielsa. Eles já estão em segundo, e depois de algum tempo têm uma chance concreta de regressar a uma Copa, coisa que não fazem desde 1998.

 

Resultados

Equador 2 x 0 Argentina

Colômbia 1 x 0 Peru

Venezuela 2 x 2 Uruguai

Brasil 2 x 1 Paraguai

Chile 4 x 0 Bolívia

 

Classificação

 Brasil 27

Chile 26

Paraguai 24

Argentina 22

Equador 20

Uruguai 18

Colômbia 17

Venezuela 17

Bolívia 12

Peru 7

 

Foto: globoesporte.com

 

Guilherme

Anúncios

Read Full Post »